Trip & Soul
Marco Aurélio Moura
Costumo responder, normalmente, a quem me pergunta a razão das minhas viagens: que sei muito bem daquilo que fujo, e não aquilo que procuro
Michel de Montaigne
21
outubro
2014

São Paulo ; despretensiosa e poderosa

Cidades óbvias

Antes que eu seja massacrado com os comentários seguintes, já vou dizendo que adoro todas estas cidades óbvias. Acordei hoje pensando nas cidades que não tem assim um atrativo a mais para chamar turistas, que não seja a sua originalidade.

Começando pelo Rio de Janeiro e seguindo por Nova York, Buenos Aires, Cairo, Amsterdam, Berlin, Disney, Cancun, Miami entre outras, é claro que ninguém pode convencer o outro a conhecer estas cidades mesmo que o apelo turístico e cultural seja grande e dispensam apresentação.

Entretanto, cidades como São Paulo, Santiago, Porto Alegre, Lima, Bogotá, Cidade do México e, até, Tel Aviv, grandes e importantes centros, nunca estão no topo da lista de uma viagem de férias. Mesmo que você nunca pensou em conhece-las posso afirmar que elas reservam surpresas inesquecíveis e podem superar qualquer expectativa. São cidades que se descobre lapidando suas esquinas, ruas e bairros e, por que não suas noites de gastronomia e baladas.

São Paulo, por exemplo, não tem a beleza do Rio de Janeiro, mas garanto (e, olhe que eu a conheço bem), é tudo aquilo e mais um pouco que se pode ler em matérias turísticas em jornais, livros e documentários. Aqui, a beleza fica para depois. Tenho alguns amigos estrangeiros que vieram ao Brasil e conheceram boa parte do País mas, sim, saíram encantados por São Paulo, mais do que qualquer outra grande e badalada cidade, como Rio Buenos Aires, que têm a beleza como seu cartão de visita.

Esta metrópole se descobre andando em por pontos estratégicos, subindo e descendo a famosa Rua Augusta, curtindo os bares da Vila Madalena e, mais recentemente buscando novos lazeres por bairros que estão se tornando independentes como Vila Mariana, Mooca ou Tatuapé.

Nesta São Paulo as pessoas acabam conhecendo os paulistanos da gema e outros moradores que vieram de vários estados e, também, de vários Países que encontraram aqui o lugar ideal para viver. São tantos sotaques, culturas, religiões que costumo dizer que São Paulo é um “País” de várias nações dentro do nosso Brasil. Não tenha medo de se jogar nos programas culturais, na gastronomia que reserva grandes surpresas e estrelados chefs e, mesmo nas feiras de rua que continuam nos levando de volta para o interior.

Na capital paulista, mesmo nos meios corporativos, encontra-se prazer em dividir conhecimentos e novidades. Aqui se vive o momento e lugar com as pessoas. Muitos que resistem em vir a São Paulo saem apaixonados e, sabemos que não é pela vista do mar ou pelos palacetes antigos como encontramos na América do Sul ou na velha Europa.

São Paulo é única. Sua energia é pulsante e mesmo na chegada, ainda meio deslocado garanto que se pode sentir a vibração de uma cidade que nunca dorme, eletrizante, com variados tons luzes. Uma cidade despretensiosa, mas muito poderosa.

Só complementando o texto, não quero dizer que as cidades obvias não são originais e não tem as suas reais características. Mas para um vendedor são mais fáceis de serem vendidas. Porém é insdicutivel a beleza e charme das mesmas.

São Paulo São Paulo
São Paulo Avenida Paulista São Paulo
Parque do Povo Parque do Povo em São Paulo
São Paulo alameda Lorena São Paulo


Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades