Vendo do mundo os segredos escondidos
Sergio Junqueira Arantes
Os casos vi que os rudes marinheiros, Que têm por mestra a longa experiência, Contam por certos sempre e verdadeiros, Julgando as coisas só pela aparência, E que os que têm juízos mais inteiros, Que só por puro engenho e por ciência, Veem do mundo os segredos escondidos, Julgam por falsos, ou mal entendidos
Camões, Lusíadas, Canto V
08
junho
2009

O Profeta disse que...

... Em nosso Editorial de 25 de maio afirmamos ‘a falta de informação gera o medo, a perda da confiança. As reações desencontradas de grande parte dos empresários defrontados com a crise...o medo os leva...”. Um caso ocorrido recentemente pode ser ilustrativo desta histeria.

... A GlaxoSmithKline tinha programado para a primeira semana de maio um encontro de médicos latino-americanos no Costão do Santinho. Seriam mais de 300 reunidos por vários dias num programa de aperfeiçoamento profissional. Com a eclosão da gripe A (H1N1) o laboratório decidiu adiar o evento programado com meses de antecedência. Trezentas hospedagens foram canceladas, coffée breaks, almoços e jantares, tudo cancelado com apenas dois dias úteis de antecedência. Foi tudo tão imprevisto, que não conseguiram avisar todos os médicos, que foram surpreendidos com a noticia do cancelamento quando chegaram no resort vindo de várias partes da América Latina. Tudo isso por nada, afinal a Gripe não fez estragos no Brasil. Medo, apenas o medo explica o ocorrido.

... Bahia Terra da Felicidade. Durante décadas o Brasil e o mundo assim consideraram a terra de Jorge Amado. Fruto de permanentes e muito bem realizadas campanhas de marketing o conceito incorporou-se no inconsciente de todos que aprenderam a considerar a Bahia um dos melhores destinos turísticos mundiais. Até que recentemente o novo governo do Estado decidiu que o slogan não servia mais. Trocou por um mais simples Bahia Turismo. Ou seja, trocou o melhor slogan de um destino brasileiro, por outro que nada significa. Verdadeiramente, lamentável.

Aliás, não é a primeira vez que isso acontece. Nos anos 90, fruto de um trabalho que envolveu toda comunidade turística carioca, foi elaborado o Plano Maravilha, que dentre outros feitos criou um notável slogan para o Rio de Janeiro: Rio Incomparável. Milhões foram gastos na sua promoção. Certamente foi a maior campanha já realizada por um destino brasileiro. Ao término da gestão Luis Paulo Conde era conhecido no mundo inteiro. Infelizmente, na troca de governo, o prefeito Cesar Maia jogou todo trabalho no lixo. Como diria o Boris, é uma vergonha.

... “O turismo que deveria ser desenvolvido em nosso Estado é o de eventos. Nesse aspecto nós somos competitivos” afirmou o presidente da ABIH do Sergipe, Manoel Lisboa, em recente entrevista “mas falta em Sergipe um projeto, um planejamento estruturado de desenvolvimento do turismo. Não existe! Não temos um horizonte sobre que vamos fazer daqui a um ano, dois ou 10 anos. Falta um planejamento estratégico”.

Em continuação Manoel Lisboa disse que “para se competir no lazer com Estados como a Bahia e Pernambuco vai ser necessário gastar muito dinheiro. A única forma de compensar é investir na política de eventos de médio e pequeno porte. Se a coisa deslanchar, aí nós podemos pensar em abrir um novo espaço para atender a novas demandas. Por enquanto, temos que focar na captação de eventos menores”.

... Uma das casas de espetáculos do Rio de Janeiro, o tradicional Scala inaugurado nos anos 80 por Chico Recarey, vai ser reaberto. Responsável pelo feito são os rapazes do Privilège, uma das melhores casas noturnas do Brasil, localizado em Juiz de Fora. Vale conferir http://www.privilegenet.com.br O sucesso do Grupo já conquistou Armação de Búzios, Angra dos Reis e agora chega ao Rio de Janeiro. A reinauguração acontece no final do ano e vai esquentar o verão carioca.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades