Viagem de Negócios
Fabio Steinberg
Um jornalismo crítico e independente do setor
17
junho
2017

Uma Prefeita Perfeita

escrito por Fabio Steinberg

Muriel Bowser não é uma Prefeita qualquer. Ela vem a ser a autoridade máxima de Washington DC, capital dos Estados Unidos. Nem é preciso dizer, mas pela sua importância é uma das cidades mais estratégicas do planeta.

O que distingue esta governante dos demais colegas de outras cidades não é a cor negra, preconceito idiota que felizmente parece cada dia mais enterrado no país. É que a simpática Muriel não se deixa levar pelo peso do cargo, nem se mostra seduzida pela mosca do poder, enfermidade que costuma atingir a maioria das pessoas em sua posição.

Sem abrir mão da competência, ela sabe se comportar de maneira natural. Ela não se comunica de forma empolada e arrogante, mas sim através de uma linguagem direta e despretensiosa. Alinhada ao padrão informal típica dos millenials, tem consciência de que é feita de carne e osso como qualquer um dos quase um milhão de cidadãos de sua cidade. Com isto, Muriel assumiu um jeito moderno de governar, que a faz aproximar-se das pessoas e dos problemas que afetam o seu cotidiano.

Ela provou mais uma vez que seu estilo está no caminho certo durante o IPW, principal evento internacional de turismo realizado anualmente no país, organizado pela US Travel Association. Entre 3 e 7 de junho de 2017 o encontro reuniu em Washington 6.400 delegados e 530 jornalistas de 70 países com 1300 exibidores de todos os elos da cadeia de viagens do país.

A iniciativa privada também esteve muito presente nesta ação, sob a liderança da DDC, organização de marketing de destino da cidade, que conta com a associação de 930 negócios da cidade. A Prefeita foi também muito apoiada pela comunidade local: 800 voluntários deram suporte nos aeroportos, hotéis, eventos e quiosques de boas-vindas.

Para demonstrar o seu absoluto comprometimento com o evento, num gesto de raro desprendimento, a Prefeita topou se transformar em guia turística durante um domingo ensolarado. Dentro de um ônibus de dois andares repleto de jornalistas de todo o mundo, ela se saiu bem ao apresentar lá do alto do veículo os principais monumentos, prédios e história da cidade. Ela não teve problemas para exercer o papel, pois já atuou na mesma atividade anos antes de se projetar na carreira política.

Mas não é apenas por prazer, e talvez nostalgia, que a Prefeita fez isto. Ela é a primeira a reconhecer a importância do turismo para Washington DC. Sabe que é uma indústria vital para a cidade que governa. Repleta de edifícios do governo, museus, monumentos, restaurantes e atividades, em 2016 recebeu 20 milhões de visitantes, dos quais 2 milhões internacionais.

Ao recepcionar o IPW na cidade, a Prefeita está ajudando a atrair um milhão de visitantes internacionais adicionais nos próximos três anos, beneficiando os cofres de Washington com mais 1.7 bilhão de dólares, além de gerar 5.900 novos empregos e somar aos cofres locais 94 milhões em taxas. Este impacto econômico não é mais uma dessas estimativas de araque tão comuns no Brasil, mas sim fruto de um estudo legitimado pela prestigiosa firma de pesquisas Rockport Analystics.

“Cada visitante em nossa cidade desempenha um papel vital ao apoiar negócios e gerar empregos para os residentes. Ao se instalar em nossos hotéis, jantar em nossos restaurantes, visitar nossas atrações e comprar em nossas lojas, visitantes do mundo inteiro têm ajudado a fazer da economia de Washington DC uma das mais vigorosas do país”, resume Muriel.

Fonte: Viagens & Negócios - turismo sem censura

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades