Portal Eventos

* Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente

Canais
Destino
publicado em 24 de outubro de 2017 -  0h20

Rio quer receber mais eventos

Marcelo Alves, presidente da Riotur e Rioeventos, falou ao mercado de Live Marketing sobre a marca Rio de Janeiro e as oportunidades do destino para o mercado de Eventos.

O painel Rio de Janeiro a Janeiro fez parte da programação do AMPRO Live Experience – 3º Congresso Brasileiro de Live Marketing, neste dia 23 de outubro, que reuniu mais de 300 profissionais do setor em São Paulo.

O principal desafio da gestão, segundo Alves, que também comanda uma agência de Live Marketing, é fazer com que o Rio de Janeiro suba no ranking das cidades mais visitadas do mundo. “O Rio está em 92ª posição dentre as 100 cidades mais visitadas. Isto não combina conosco, não combina com o Brasil. Quando fui convidado para a Riotur, a demanda era que o Rio precisava de marketing, de Live Marketing. Não adianta uma visibilidade absurda nas olimpíadas sem um planejamento de continuidade. Tivemos a Olimpíada mais encantadora de todos os tempos. Não há país no mundo que entrega tão bem evento quanto o Brasil. Precisamos estar na vitrine positiva”, pontuou.

CONFIRA QUEM ESTEVE NO AMPRO LIVE EXPERIENCE 

Embora as notícias sobre a insegurança no estado cheguem ao conhecimento do mundo, Alves garante que o Rio está preparado para receber outros muitos grandes acontecimentos. “Há um ano tínhamos 20 mil quartos e hoje temos 58 mil, 372 hotéis, prontos pra receber qualquer tipo de evento. Os nossos aeroportos estão aptos a receber um volume grandioso de turistas. Temos o nosso centro de operações, o COR, por meio do qual a cidade é administrada, controlada e vigiada por 1000 câmeras diariamente. A mobilidade urbana está preparada. Ano que vem temos grandes projetos para o Boulevard Olímpico, temos o teatro Municipal, centros de convenções, diversos lugares preparados para receber grandes eventos, Maracanã, Sambódromo, Jockey Club, Museu do Amanhã, Aqua Rio – que bate mensalmente recordes de público etc”.

Para ele, o Turismo é uma das maiores representações do Live Marketing. “O turista tem a visão, audição, o tato, o olfato e o paladar estimulados em sua viagem. É o elo direto entre o consumidor e a cidade, ao vivo, provocando experiências que os aproximem e sejam inesquecíveis, gerando venda ou valor. O Rio é Live. Nosso segmento é o que realmente vai virar esse país, é o que mais emprega e tem respostas rápidas; nossa capacidade, vontade de fazer é o que vai fazer com que o Rio saia dessa posição e esteja na que merece”, enfatizou.



Veja também:

19/06/2020
Foz do Iguaçu inicia certificação das atividades turísticas que cumprem protocolos sanitários
A medida está prevista nos decretos municipais que permitiram a reabertura do turismo e o enfrentamento do novo coronavírus.
16/06/2020
Elo cria site para doações a famílias de regiões turísticas
Após ajudar 5,5 mil famílias, Elo espera dobrar as doações com a participação da sociedade.
13/06/2020
Destinos internacionais menos afetados pela Covid19 voltam a ser pesquisados para viagens
O Grupo Dicas divulgou que Paris, Uruguai, Lisboa, Berlim e Canadá voltaram a ser procurados em maio.
09/06/2020
Retomada do turismo de Foz terá live solidária, respeito à vida e mensagem positiva
A Itaipu dará ajuda inicial de R$ 50 mil para compra de alimentos e produtos de higiene em 50 mercados de todas as regiões da cidade para incentivar o consumo local.
Ver mais