Portal Eventos

* Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente

Canais
Eventos
publicado em 28 de agosto de 2018 - 19h32

Inovação e empreendedorismo são destaques do Connected Smart Cities 2018

Entre as ações destacam-se a divulgação dos ganhadores da 4ª edição do Prêmio Connected Smart Cities e a programação voltada para inovação e empreendedorismo.

A 4ª edição do evento nacional Connected Smart Cities, que acontece em São Paulo, nos dias 4 e 5 de setembro, contará com a divulgação das empresas ganhadoras do Prêmio Connected Smart Cities, nas categorias operacionais e pré-operacionais. A premiação reconhece iniciativas de empresas que apresentem negócios inovadores e que contribuam com a resolução de problemas, com o objetivo de tornar as cidades mais inteligentes, conectadas e humanas. A divulgação dos dez negócios finalistas que concorrem ao Prêmio já foi realizada, sendo que a última etapa de avaliação será a apresentação durante o evento nacional (dia 5 de setembro), ocasião em que os julgadores irão definir um vencedor para cada categoria. Nesse sentido, a Programação do evento destaca os temas Inovação e Empreendedorismo.

De acordo com Bruno Asp, sócio-diretor da Neurônio, empresa realizadora do Prêmio em parceria com a Sator, o Prêmio Connected Smart Cities dá visibilidade não apenas aos vencedores, mas para todos os negócios finalistas participantes. "O Prêmio está em sua 4ª edição e faz parte de outras iniciativas da Plataforma Connected Smart Cities, como o Mapa de georrefereciamento colaborativo e de dados abertos e o Ranking Connected Smart Cities, funcionando como um complemento de todas as ações voltadas ao desenvolvimento de smart cities. A iniciativa permite, ainda, um mapeamento de onde essas iniciativas estão sendo desenvolvidas e implementadas, sendo possível acompanhar que cidades localizadas no interior do Brasil, por exemplo, estão trabalhando com o conceito de cidades inteligentes", disse.

Os Finalistas na Categoria Negócios Pré-Operacionais são: ETN - Estação de Tratamento Natural (Viçosa/MG); HidroReader - da COGESAN - Companhia Gerenciadora de Saneamento (Tangará da Serra/MT); Milênio Bus (São Paulo/(SP); Pague Verde – da Sustentare Soluções Tecnológicas (Florianópolis/SC); Pédagua e SMACity - CLIMATEMPO - Agência Brasileira de Meteorologia (São Paulo/SP). Os Finalistas na Categoria Negócios em Operação são: Big Data – Produtos LUCA, da Telefônica (VIVO) - (Barueri/SP); Diagnóstico Público, da 4mti - Soluções em Dados Públicos (Belo Horizonte/MG); E-Moving Mobilidade Urbana (São Paulo/SP); MyTrackPet, da Panorama Sistemas Integrados (São José dos Campos/SP); Way2 - Plataforma PowerHub (Florianópolis/SC). Os detalhes de todos os projetos finalistas estão disponíveis aqui.

Programação Connected Smart Cities | Inovação e Empreendedorismo

Desde 2015, o Connected Smart Cities vem reunindo diferentes segmentos da sociedade para apresentar e debater ações com foco no desenvolvimento das cidades brasileiras, tendo como base os eixos temáticos: Economia, Educação, Empreendedorismo, Energia, Governança, Meio Ambiente, Mobilidade, Saúde, Segurança, Tecnologia e Inovação e Urbanismo. O evento, que contempla uma programação com destaque para temas como Inovação e Empreendedorismo, reunirá cerca de 300 palestrantes e 90 painéis, que se apresentarão em 9 palcos simultâneos, além de um público de 2 mil pessoas.

O empreendedorismo e a inovação são estratégias fundamentais de desenvolvimento para as cidades no século XXI e, para a transformação em cidades empreendedoras, é necessário criar políticas públicas que propiciem a ascensão dos agentes criativos com o objetivo de dinamizar a economia. Nesse sentido, é fundamental entender como o empreendedorismo, a inovação e economia criativa e colaborativa estão diretamente relacionados com o desenvolvimento de cidades inteligentes.

Palestrante sobre o tema empreendedorismo, o secretário municipal adjunto da prefeitura de Belo Horizonte, Jean Mattos Duarte, afirma que a Prefeitura mineira instituiu os programas estratégicos Belo Horizonte Cidade Inteligente e o Melhoria do Ambiente de Negócios. "Existe uma relação direta entre os dois programas à medida que percebemos a cidade inteligente, tanto com o viés de melhoria da gestão pública, a partir do uso da infraestrutura tecnológica aumentando a responsividade do poder público às demandas da cidade, quanto estimulando os empreendedores do mercado que giram em torno das smart cities", comenta.

O secretário cita que a inovação no século 21 se dá por meio da colaboração e da multidisciplinaridade, que Belo Horizonte está atenta a esse movimento e que procura conectar os vários segmentos da economia criativa como forma de gerar inovação, fomentando também o empreendedorismo. "Projetos que propiciam conexão entre vários segmentos da economia criativa vão ao encontro desse movimento colaborativo. Cito o Projeto P7, espaço compartilhado com foco no empreendedorismo digital e economia criativa, a Funsoft, que conta com apoio da prefeitura, além do BH-TEC, parque tecnológico avançado, como iniciativas que promovem a economia colaborativa", conclui Jean Mattos Duarte.

Já o palestrante Rodolfo Ribeiro, fundador da Spinafre, que terá o Workshop Smart Innovation em parceria com o Connected Smart Cities, com abordagem sobre cidades empreendedoras, enfatiza: "No painel sobre oportunidades de fomento serão discutidas possibilidades para a viabilização da implantação de soluções inovadoras nas cidades brasileiras, por meio de programas e editais que foram criados justamente para facilitar a aplicação de inovações em contextos reais. Neste sentido, foram convidados importantes nomes do cenário nacional, que compartilharão, no decorrer de 8 painéis, suas visões sobre como podemos ter cidades mais inovadoras em nosso país".

Voltado ao tema empreendedorismo, o Connected Smart Cities 2018 contempla, ainda, o Workshop Incobra & Enrich sobre cooperação internacional para inovação. A programação sobre Inovação e Empreendedorismo está disponível aqui, aqui e aqui.

Patrocinadores da edição 2018: Aceco TI, Atech, Autodesk, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), BNDES, BMPI, Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), Deloitte, Engie, Egis, Fundação Ezute, Fala Cidadão, Geoambiente, Itron, Kido Dynamics, Midiacode, Philips, Prefeitura de Barueri, Prefeitura de Vitória, Prefeitura de Guarulhos, Ubicquia, Via, além do apoio de mais de 40 entidades.

SERVIÇO

Connected Smart Cities | Evento Nacional

Data: 4 e 5 de setembro de 2018

Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, São Paulo/SP

Mais Informações aqui.

Inscrições para o evento aqui.

Programação aqui.

Palestrantes aqui.

Fonte: assessoria

Veja também:

22/05/2019
Green Rio 2019
Dias 23, 24 e 25 de maio acontecerá a oitava edição do Green Rio na Marina da Glória do Rio de Janeiro.
22/05/2019
Mastercard promove experiências exclusivas no Theatro Municipal de São Paulo
Como parte da plataforma Priceless Cities, clientes Mastercard podem ter acesso exclusivo aos bastidores de um dos maiores pontos turísticos da cidade e até mesmo assistir ao espetáculo do palco.
22/05/2019
Goiânia recebe nesta semana maior evento de vendas do Brasil
O Ramp Up Tour se tornou referência entre empresários de variados segmentos para ajudar marcas a fazerem a revolução digital em vendas B2B.
16/05/2019
Após sucesso em 2018, Rio de Janeiro recebe segunda edição do Portugal 360
Evento na Cidade das Artes traz atrações culturais, gastronômicas e uma série de informações para quem quer morar, estudar, visitar ou investir em Portugal.
Ver mais