Portal Eventos

* Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente

Canais
Live Marketing
publicado em 14 de dezembro de 2019 - 22h12

Globo conquista três Jacarés no Prêmio Caio 2019

Iniciativas regionais atreladas a áreas de sustentabilidade, esportes e artes foram premiadas com dois Jacarés de prata e um de bronze

Três projetos da Globo foram reconhecidos na noite de ontem, dia 10, pelo Prêmio Caio 2019, com dois Jacarés de prata e um de bronze. Os indicados representaram as ações regionais da Globo em três áreas distintas: esportes, sustentabilidade e artes. O apoio da Globo ao projeto ‘Taça das Favelas’, realizado em São Paulo, foi premiado na categoria Evento Esportivo com um Jacaré de prata; a iniciativa ‘Verdejando’, que em 2018 chegou a quatro capitais brasileiras (São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Brasília), em Evento de Responsabilidade Social e Ambiental, também com um Jacaré de prata; e o ‘Jovens Tardes’, organizado pela Globo no Rio de Janeiro, conquistou o Jacaré de bronze em Evento Artístico.

O ‘Taça das Favelas’ é um projeto realizado pela CUFA (Central Única das Favelas) e recebeu apoio da Globo na edição realizada em São Paulo. O evento nasceu em 2012, no Rio de Janeiro, e já é reconhecido como o maior campeonato de futebol de campo entre favelas do mundo. O torneio tem como objetivo promover a inclusão social através do esporte, influenciando positivamente a realidade de crianças e jovens. Em 2019, ele foi realizado pela primeira vez em São Paulo, um desafio por se tratar da cidade com o maior número de favelas do Brasil. A Taça reuniu mais de 2.800 jovens, meninos e meninas, entre 14 e 17 anos, de 96 comunidades da cidade de São Paulo.

Já o ‘Verdejando’, é uma iniciativa da Globo que leva para as ruas a preocupação da marca com a sustentabilidade e a discussão da importância do verde nos centros urbanos. Em 2013, o Jornalismo da Globo em São Paulo deu início ao projeto, com a produção de reportagens especiais sobre o tema, estimulando o debate e o engajamento da população. As primeiras ações presenciais de plantio de árvores, recuperação de espaços degradados e limpeza aconteceram na capital paulista, atraindo a atenção da população. A partir de 2018, a iniciativa se expandiu para Minas Gerais, Recife e Brasília. Foram realizadas 16 ações presenciais com a participação de mais de 7 mil pessoas e o plantio de 2 mil árvores. Ao longo de seis edições já são mais de 6 mil árvores plantadas.

Com a proposta de apresentar e dar espaço para novos talentos da cena musical, o ‘Jovens Tardes’ representou a Globo na categoria Evento Artístico. Criado em 2013, o projeto já percorreu espaços abertos e fechados de 18 municípios da área de cobertura da Globo no Rio. Em seis temporadas já foram apresentados mais de 70 shows. Em 2018, o formato foi ampliado e três atrações passaram a se apresentar a cada edição. Melim, 1Kilo, Um44k, Scracho, Sinara e Lucas & Orelha são algumas das bandas que passaram pelo ‘Jovens Tardes’. Em parceria com a Som Livre, a Globo lançou álbuns de todas as edições nas plataformas digitais.

Criado em 1999 e realizado pela Eventos Expo Editora, o Prêmio Caio tem como objetivo incentivar, reconhecer e valorizar iniciativas e projetos em eventos e turismo.

Fonte: Globo

Veja também:

27/10/2020
Prazo para inscrições no AMPRO Globes Awards 2020 termina dia 3
São 18 categorias na 20ª edição do prêmio. Foco será criatividade e experiência das ações.
26/10/2020
Bethe B cria plataforma virtual de conteúdo para a MAPFRE
Formato inédito permite engajamento de stakeholders com conteúdo e debates de especialistas sobre gerenciamento de grandes riscos
23/10/2020
be comunica cria vídeo que simula evento digital para orientar mercado sobre novas práticas
Com o objetivo de responder às principais dúvidas sobre a produção e execução de eventos online, a .Be comunica lançou um vídeo que simula um evento 100% digital.
14/10/2020
AMPRO emite nota de repúdio à licitação da Caixa Econômica Federal
Como reação à manifestação de diversos associados, a AMPRO – Associação de Marketing Promocional tomou ciência e repudiou as condições de licitação aberta para a prestação de serviços de marketing promocional pela Caixa Econômica Federal.
Ver mais