Portal Eventos

* Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente

Canais
Espaços para Eventos
publicado em 26 de junho de 2020 - 10h16

Com 70 anos de história, Buffet França encerra as atividades devido à crise

Com uma extensa trajetória, o bufê começou sob o comando de Nilson França. Atualmente, os filhos do fundador estavam à frente do negócio

Esta é uma semana triste para o segmento de eventos brasileiro. Depois da notícia do encerramento das atividades do resort Sheraton Reserva do Paiva Hotel & Convention Center, em Pernambuco, é com tristeza que noticiamos agora o encerramento das atividades de um dos melhores e mais tradicionais espaços para eventos do Brasil: depois de 70 anos de bons serviços prestados, o Buffet França anunciou esta semana o encerramento de suas atividades.

O mercado de eventos foi um dos primeiros segmentos a sentir a crise financeira decorrente da pandemia do novo coronavírus. Sem a realização de festas por mais de 100 dias, alguns negócios do ramo não tem conseguido se manter e, infelizmente, fecham as portas. E a vítima da vez é o conceituado Buffet França.

No comunicado enviado aos clientes, o Buffet França informou que não há como suprir o alto custo de despesas fixas sem a perspectiva de entrada de recursos. Quem havia acertado o serviço pode ficar despreocupado: os gestores estão à disposição da clientela para ressarcir os pagamentos adiantados e cancelar contratos.

"A notícia de que o Buffet França fecha suas portas por questões financeiras caiu como uma ducha de água muito gelada nos festeiros de plantão", afirmou o colunista social Amaury Jr em seu blog. "Morre um dos símbolos de qualidade da gastronomia do país".

Com uma extensa trajetória de atuação no ramo, desde 1950, o bufê começou sob o comando do empresário Nilson França. Orgulhosos do empreendimento, a família sempre fez questão de dar continuidade ao serviço de requinte.

Por passar de geração em geração, atualmente estão à frente da empresa os filhos de Nilson, José Carlos, Rita e Gisele França, além de Joaquim Oliveira, sócio-fundador. Enquanto o neto, o chef de cozinha Gustavo França assumiu a responsabilidade dos quitutes deliciosos do bufê.

O Buffet França tinha como sede uma mansão tombada pelo patrimônio histórico em São Paulo. No casarão, a clientela desfrutava de dois amplos salões, com capacidade para 800 e 300 pessoas cada. Ter a matriz, porém, não impedia que assinassem eventos de grande porte em outras regiões do país.

Um dos diferenciais do Buffet França era a cozinha Kosher, feita para acolher os eventos dentro dos padrões judeus.

Em 16 de março, o bufê publicou um comunicado no Instagram sobre seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter o avanço da Covid-19.

Sabemos que não são tempos fáceis e, diante das circunstâncias, desejamos lembrar a todos que um de nossos pilares fundamentais é o bem-estar de vocês e de nossos colaboradores”, escreveram na legenda do post. “Temos a certeza que em um futuro próximo, festejaremos juntos com muita alegria todos os eventos contratados”, acrescentaram.

Fonte: Metropole

Veja também:

18/11/2020
Urbanature reúne estúdio audiovisual, espaço multiuso e hostel
Empreendimento se estende a dois endereços vizinhos, na Rua Texas - Brooklin Paulista; bem próximo às avenidas Santo Amaro, Faria Lima, Luís Carlos Berrini e aeroporto de Congonhas
31/07/2020
Centro de Convenções Rebouças disponibiliza estúdio para evento virtual durante a pandemia
A iniciativa é fruto de uma parceria com a Hoffmann.
02/02/2020
Arena Petry se transforma em Hard Rock Live e projeta hotel de 300 aptos na Grande Florianópolis
A lendária marca de lifestyle e entretenimento anuncia planos para a maior arena de shows indoor do Brasil, além de um possível projeto de cassino-resort.
06/09/2019
Prêmio Caio 2019 anuncia empreendimentos para eventos finalistas na Região Sudeste
Estados de São Paulo e Rio de Janeiro ficam com as 33 indicações.
Ver mais